sortimento de produtos
Como vender mais com a técnica de sortimento de produtos
3 de julho de 2019
tendências tecnológicas
5 tendências tecnológicas para aproveitar no seu e-commerce
3 de setembro de 2019
Exibir tudo

Locker, pick up point ou store: a nova logística de entrega de produtos

logística de entrega locker

Qual a melhor opção de entrega dos produtos que foram adquiridos no seu e-commerce? Planejar uma logística adequada é imprescindível para garantir a satisfação do cliente, a economia (maior lucratividade) e, como é claro, a preservação e gestão ambiental. Mas será que as únicas opções são o frete com entrega em casa?

A resposta é não! Também existem outras 3 opções que você precisa conhecer e considerar todas as possibilidades. Afinal de contas, a utilização de locker, pick up point ou pick up store podem valer mais a pena do que você imagina. Tudo bem que a prática no Brasil não é tão difundida e comum, como nos Estados Unidos, por exemplo. Mas o que te impede de começar a praticar essas modalidades de entrega?

Veja também: O que é marketplace e por que investir nestas plataformas

Novos modelos de entrega de mercadoria que impulsionam o negócio

Uma das preocupações dos empresários de lojas online é a logística de entrega dos seus produtos. Afinal de contas, acaba por ser mais comum do que deveria, mercadorias desviarem, ficarem sem rastreio, atrasarem na entrega ou até mesmo nunca chegarem no destino final. Infelizmente é uma realidade que pode acontecer.

O problema maior é a insatisfação do cliente, que num cenário de reclamação por não ter suas expectativas atendidas, deixa de estar fidelizado e ainda passa uma palavra negativa sobre o negócio. A experiência ruim de uma única pessoa, pode custar caro para um e-commerce. Daí a necessidade de (re) pensar os modelos e as logísticas de entrega dos produtos adquiridos na sua loja.

 

Locker: o grande armário de mercadorias

O locker, também conhecido como armário ou escaninho é mesmo um espaço no qual as empresas estabelecem para que as mercadorias sejam depositadas e seus clientes possam buscá-las. Eles não precisam esperar que chegue na casa, a encomenda, assim como o e-commerce não precisa estabelecer uma rota específica para entregar o produto no endereço em questão.

O principal benefício desse sistema é a comodidade que o cliente terá, uma vez que o locker fica disponível 24 horas por dia e sua retirada depende apenas de um código de barras gerado no momento da compra. Assim como o local de retirada é definido, também nesta etapa.

Outro benefício associado, diretamente, são os custos mais baixos com a transportadora que, ao invés de entregar a mercadoria em diversos endereços, terá apenas um (ou poucos mais) para deixar diversas encomendas.

Mas é claro que há desvantagens, tais como os custos e licenças de implementação dos lockers, assim como a manutenção dos mesmos. E, no caso da demanda aumentar de forma significativa, pode haver o problema da falta de espaço para deixar a mercadoria, até que o cliente faça a retirada.

 

Pick Up Point: as lojas parceiras com espaço físico

Neste caso, trata-se de uma loja parceira que servirá de referência para que o seu cliente busque o produto que foi adquirido no seu e-commerce. Além da vantagem de poder escolher uma loja que seja mais próximo ou conveniente, ele também terá a oportunidade de usufruir de um espaço físico e não apenas o virtual de uma loja online.

Mas o que ambos os comércios ganham com isto? O e-commerce em questão não precisa ter um espaço físico em questão para que o cliente pegue a sua mercadoria. Assim como a loja física ganha a oportunidade e ter novos clientes e fazer uma venda, no momento em que é feito o “pick up” do produto.

Em termos de benefícios, assim como o locker, a logística do transporte tem os custos reduzidos; reduz os riscos de mercadorias roubadas em processos de transporte ou armazenadas nos lockers. Em contrapartida, não há a disponibilidade 24 horas por dia, mas sim em horário comercial.

 

Pick Up Store: compre online e retire na loja

Assim como no título diz, o cliente tem a oportunidade de comparar os preços online, fazer a escolha do modelo, tamanho, cor ou qualquer outra característica do produto, fazer a compra, pagar e escolher uma loja da sua preferência para buscá-lo. É muito interessante para as lojas online, pois há a oportunidade de desenvolver o conceito e as estratégias de omnichannel, na qual há a convergência entre o online (e-commerce) e o offline (loja física).

Esta prática permite a economia por parte do cliente, que muitas vezes tem a oportunidade de usufruir de descontos online, além é claro de não ser necessário pagar pelo frete para a entrega do mesmo. Para os e-commercers a vantagem está, novamente, na logísticas e possíveis gastos com a entrega dos produtos na casa do seu cliente.

Entretanto, requer muito mais organização e cuidado, com um controle muito rigoroso. Afinal de contas, em termos de estoque, é preciso contabilizar para garantir que, nem o cliente da loja física, nem o da loja online tenham problemas em pagar e não conseguir levar o produto para casa. Também existem as questões fiscais, na qual é preciso justificar o inventário da loja (entrada e saída de produtos).

 

Uma nova janela de oportunidades

A conclusão é exatamente esta, existem novas oportunidades de expandir o negócio, seja por meio de lojas parceiras, físicas ou lockers para que os produtos sejam recolhidos pelos clientes. É preciso pensar, contabilizar quais serão os gastos envolvidos e qual tipo de serviço mais se adequa a realidade do seu negócio. O que importa é pensar sempre um passo à frente da concorrência, para conseguir o merecido destaque no mercado, potencializando os lucros com o aumento das vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *