estratégia omnichannel
Apostar na estratégia omnichannel é o futuro?
10 de setembro de 2019
despesas do marketplace
Quais são as reais despesas do marketplace para o negócio?
10 de outubro de 2019
Exibir tudo

Email Marketing: 8 erros comuns que podem comprometer o seu negócio

email marketing

De acordo com a SafetyMails são quase 3 bilhões de pessoas no mundo inteiro que utilizam os seus emails como chave de identificação. Ou seja, acessam todos os dias e estão susceptíveis ao recebimento de email marketing. Estima-se ainda, que o crescimento médio é de 7% ao ano e que, até o fim de 2019 serão mais 5 bilhões de novas contas e cerca de 246 bilhões de mensagens enviadas e recebidas todos os dias. Impressionante, não é verdade?

Mas nada disso importa se o seu potencial ou atual cliente não tiver interesse ou for instigado a abrir e clicar nas informações enviadas pela sua empresa. Sem contar os recursos como filtros antispam dos próprios provedores, que estão cada vez mais exigentes e não permitem o envio em massa, da mesma mensagem, para milhares de contas.

Em resumo, apesar de ter um potencial incrível de negócio, se não for bem feito, é apenas uma perda de tempo, com dinheiro investido sem retorno.

Veja também: 5 tendências tecnológicas para aproveitar no seu e-commerce

 

O que não fazer ao enviar um email marketing

Enviar email marketing não parece uma tarefa complicada. Afinal de contas, o básico é: elaborar um título atraente para o assunto do email, divulgar os produtos ou serviços ofertados com algum tipo de mensagem, disponibilizar o CTA (call-to-action), imagens, vídeos e já está tudo pronto! Mas será que esta estratégia basta para ter números expressivos de conversões, resultado de um bom desempenho da campanha veiculada?

A resposta é muito simples: não! É preciso ter atenção aos detalhes, desde o tamanho do título até as permissões de envio de mensagem. Tudo isso faz parte da estratégia de email marketing para que haja um resultado positivo. Veja quais são os principais erros e aprenda a evitar, corrigir e otimizar as suas campanhas:

 

1. Assunto e preview do email marketing

São os 3 erros mais comuns entre as empresas que trabalham com o disparo de email marketing para os seus clientes (ativos, inativos ou potenciais). Se é o seu caso, corrija ainda hoje para conseguir aumentar as taxas de abertura, cliques e conversões!

No que diz respeito ao assunto: nada de títulos longos demais! Pense em criar frases instigantes, que despertam a curiosidade. Frases curtas e diretas chamam mais atenção.

Já o preview também costuma ser ignorado. Mas é um dos locais que os usuários sempre olham para tentar perceber o conteúdo da mensagem. Portanto, preencha sempre esse campo, com até 100 caracteres, estimulando a abertura.

E, por fim, tenha atenção ao seu email, para que não seja com a mensagem noreply. Ela cria uma barreira entre cliente e empresa e deixa a entender que não deseja que sejam contactados.

 

2. Corpo do email desinteressante

Conseguir com que o cliente abra o seu email é essencial. Mas não oferecer ou acrescentar valor, vai fazer com que ele nunca mais volte a abrir as suas mensagens. É preciso apresentar vantagens! E para isso, não é necessário que sejam sempre promoções ou descontos. Pode ser um assunto pertinente e atual ou até solução de problemas cotidianos. Elabore mensagens que sejam úteis, que chamem a atenção!

 

3. Falta ou excesso de imagens e vídeos

Incluir imagens e vídeos é sempre uma forma de despertar o interesse do cliente. Entretanto, se forem em excesso, cansa! Cuidado com a quantidade de mídias e informações que você vai disponibilizar no email marketing. Até mesmo se forem ofertas e vitrines de produtos. Muita informação pode confundir e fazer com que ele desista de clicar e seguir para a página de destino da campanha.

Como vender mais com a técnica de sortimento de produtos

 

4. Frequência dos envios e fluxo de nutrição

Saber quais mensagens estão a ser enviadas, quando e para qual segmento é muito importante. Não é preciso restringir e ter apenas uma campanha, mas também não vá se perder com uma infinidade de email marketing, atrapalhando o monitoramento.

Saber o tipo da mensagem, quando estão sendo enviadas e a frequência é imprescindível para melhorar os resultados das campanhas. Lembre-se de considerar os eventos e a sazonalidade.

Monitorar as campanhas também é importante para não saturar o cliente. Ninguém quer receber diversos emails num mesmo dia, da mesma empresa. Mesmo que seja com assuntos ou ofertas diferentes!

 

5. Descontos, ofertas e estoque incompatível

Muita atenção a este tópico! De nada adianta disparar dezenas de milhares de emails para a sua base de dados se a campanha está com tempo ou estoque limitado. Ou então as ofertas não são compatíveis com aquilo que foi descrito na mensagem do email. A frustração dos clientes pode gerar uma queda brusca nos resultados de conversão. E, uma vez desinteressados, geralmente não voltam a abrir o seu email.

 

6. Erros de português, digitação e ausência de assinatura

Tenha atenção às boas práticas! Nenhum cliente quer receber um conteúdo descuidado e que parece ter sido feito às pressas. Acompanhe o processo de produção e edição antes do envio.

Não deixe de incluir a assinatura de um responsável. Afinal de contas, quem é que está enviando este email marketing? E nada de inventar nomes ou pessoas que não existem, pois “a mentira tem perna curta” e as consequências podem ser desastrosas, principalmente para alguns setores, como por exemplo, da saúde (no qual há a necessidade de profissionais capacitados).

 

7. Segmentação e tratamento personalizado

Lembre-se que os seus clientes não são todos iguais! Portanto, segmente por interesse, idade, sexo ou tipo de comportamento, por exemplo. Assim você poderá criar campanhas específicas para cada um destes grupos, aumentando as chances de sucesso. Tenha uma atenção especial e envie o email com o nome do seu cliente. Isto demonstra o cuidado que a empresa oferece.

 

8. Permissão de envio e cancelamento fácil

Nunca envie emails sem a autorização dos seus clientes. Além de ser uma prática ilegal, pode prejudicar o seu negócio. Assim como o botão de cancelamento (não quero mais receber esse tipo de conteúdo) deve estar presente em todos os emails enviados.

O cliente precisa ter essa opção! As vezes ele só não quer receber emails, mas continuará fidelizado. O que pode não acontecer, caso ele fique chateado por não conseguir parar de receber esse conteúdo.

7 erros comuns no e-commerce que fazem perder vendas

 

Dica Bônus

Definir os KPI’s (indicadores de performance), quais as métricas de monitoramento e avaliação serão medidas, com que frequência será feito o acompanhamento dos resultados e a otimização das campanhas.

Inclusive, o ideal para ter campanhas de email marketing efetivas é fazer testes A/B para saber qual título atrai mais os seus clientes, formatos das mensagens enviadas, tipo de imagens e vídeos e se os botões (call-to-action) estão realmente visíveis e funcionais.

A sua empresa já cometeu ou está cometendo algum desses erros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *