E-commerce no Brasil: uma oportunidade que não para de crescer

m-commerce
M-Commerce: 5 tendências de mercado para 2019/2020
29 de outubro de 2019
qualidade do e-commerce
Qualidade do e-commerce: como manter e o que é o EQI
25 de novembro de 2019
Exibir tudo

E-commerce no Brasil: uma oportunidade que não para de crescer

e-commerce no brasil

Com certeza você já ouvir falar que o e-commerce no Brasil não para de crescer e se torna, cada vez mais, uma das melhores oportunidades para indústrias, grandes empresas e até mesmo para os negócios locais. Isso porque o consumidor quer, cada vez mais, comprar na comodidade do seu lar, com segurança e qualidade de entrega.

Portanto, quando bem planejado, o investimento no setor do comércio eletrônico é quase que 100% garantido. Só não se afirma que é uma certeza, pois depende de planejamento e estrutura para o sucesso.

 

O cenário do e-commerce no Brasil

De acordo com a pesquisa realizada pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico em parceria com o Compre & Confie, nos últimos 20 meses (janeiro de 2018 e agosto de 2019), o crescimento foi de 68,53%. Esse índice considera, principalmente, o percentual nacional e regional de vendas online; faturamento do setor e tíquete médio de compra. Quando comparado com o ano anterior, a diferença é de 22,97%.

Já no que diz respeito ao ano de 2019, a previsão é que alcance a marca dos R$ 60 bilhões em faturamento, revelou Daniel Asp Souza, gerente de relacionamento com o Varejo, na Conferência E-Commerce Brasil RS 2019, na Nielsen Brasil. Ainda de acordo com o executivo, esse aumento se deve à confiança do consumidor nos meios de pagamento nas diversas lojas online.

 

O comportamento do consumidor

O e-commerce no Brasil encontra-se nos mais diversos estágios. Alguns consumidores já sentem confiança suficiente para realizarem compras por meio dos seus celulares. Outros preferem fazer a pesquisa no aparelho e finalizar a compra no computador.

Também há o cenário do tipo de “produto ou serviço” adquirido. Os bens duráveis, como TV’s, geladeiras e outros eletrodomésticos ainda não são representativos em termos de compra online, mas crescem cada vez mais.

Vale ressaltar ainda que é um tendência de mercado o M-Commerce. Ainda de acordo com Daniel Souza, “cerca de 43% dos pedidos nesse primeiro semestre de 2019 já foram via mobile. Ou seja, cresce muito acima da média, porque as pessoas têm mais facilidade, mais acesso. Cerca de três anos atrás eram aproximadamente 23%”.

 

O que é preciso para criar um e-commerce no Brasil

De acordo com o estudo Perfil do E-commerce Brasileiro, realizado por BigData Corp e PayPal, em 2018 o eram cerca de 675 mil sites de e-commerce e que, em 2019, são cerca de 930 mil sites dedicados ao comércio eletrônico. Portanto, se você deseja investir nesse setor, é preciso ter atenção e planejamento, para alcançar destaque no mercado e superar a concorrência:

 

1. Planejamento

Antes de começar qualquer negócio é preciso criar um planejamento. Mesmo para quem já possui uma loja física ou experiência comercial, esse passo é fundamental. Portanto, lembre-se da regra OPD. Ela significa: que você vai vender; Para quem você vai vender e De quem você vai comprar.

Também é preciso analisar e considerar em qual nicho de mercado você entrará, para então definir as estratégias de comunicação para com o público e a sua audiência. Quem serão os seus clientes: homens, mulheres, adolescentes, adultos…? Trace o perfil do seu consumidor para garantir que eles se interessem pela sua loja online e queiram comprar os produtos.

 

2. Estrutura

Investir em uma plataforma eficiente e segura é uma das chaves do sucesso para ter um e-commerce no Brasil. Estabelecer quais serão os canais para captar a audiência (site, marketplaces e redes sociais) também não podem ficar de fora. Estabelecer as formas de pagamentos e os sistemas de segurança da sua plataforma é imprescindível. Assim como as parcerias com os fornecedores e a logística de entrega dos produtos.

 

3. Atendimento personalizado

Se destacar no mercado não é fácil e requer estratégias para gerar valor ao consumir, para que então ele se torne um cliente fidelizado. Para isso é preciso apresentar vantagens e benefícios associados para que ele opte por adquirir o produto na sua loja online e não no da sua concorrência. Investir no atendimento personalizado, com suporte antes, durante e depois das compras é uma das melhores estratégias para ganhar notoriedade.

De início parece simples, mas quando as ideias vão para o papel, não é tão fácil assim. Requer dedicação e estudo, para que não seja um investimento sem retorno. Também é preciso levar em consideração que parte do investimento inicial é cíclico.

Ou seja, em momento nenhum, para ter um e-commerce no Brasil de sucesso, você deixará de investir na captação de novos clientes, programas de fidelização, melhorias no sistema de compras, pagamento e entrega. Porém, com a dedicação certa, o seu negócio tem tudo para ser um sucesso, principalmente diante desta oportunidade crescente no mercado brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *